Melhores práticas para minimizar o risco de COVID-19 em feiras livres

Achyut Adhikari, Kharel, Karuna

COVID-19 não é uma doença transmitida por alimentos. Atualmente, não há evidências de que alimentos ou embalagens de alimentos estejam associados à transmissão do COVID-19. Esse vírus causa uma doença respiratória, não uma doença gastrointestinal, e a exposição de origem alimentar a esse vírus não é conhecida por ser uma via de transmissão.

Melhores práticas em uma feira livre:

  • Estações para higienização de mãos com sabão, água, e papel toalha ou secador de mãos devem ser montadas antes de entrar e sair da feira.
  • Ninguém deve ir à feira com sintomas de COVID-19 ou após entrar em contato com pessoa doente.
  • Mantenha a área de exibição limpa e higienizada.
  • Degustação deve ser suspensa.
  • Consumidores não devem encostar em muitos produtos. Somente encostar nos produtos que irá comprar.
  • As pessoas que estão manuseando, preparando e servindo comida devem seguir métodos seguros de sanitização, como lavar as mãos e desinfectar superfícies.
  • Todos comerciantes devem seguir as práticas adequadas de higienização e sanitização. Utilize produtos à base de álcool após cada transação.
  • Comerciantes devem utilizar luvas, mas isto pode levar a uma falsa sensação de segurança. Coloque luvas após lavar as mãos e troque-as com frequência, principalmente após encostar em seu corpo.
  • Ninguém deve comer ou cuspir dentro da feira.
  • Use recipientes, equipamentos e utensílios higienizados para a alimentação. Guarde sacos ou recipientes para embalar os produtos após a venda.
  • Limpe todas as superfícies usadas para contato com os alimentos e desinfete com frequência as superfícies tocadas utilizando produtos adequados.

O que sabemos sobre o COVID-19?

  • COVID-19 pode sobreviver em superfícies. No entanto, não cresce em alimentos. O vírus precisa de hospedeiros vivos, como humanos e animais, para crescer.
  • Você pode ter COVID-19 mesmo sem apresentar sintomas.
  • Você pode contrair COVID-19 de outra pessoa infectada, ou tocando em uma superfície ou objeto queque contenha o vírus e, em seguida, tocando seu nariz, boca ou possivelmente seus olhos.
  • Se sabão e água não estiverem disponíveis de imediato, use um desinfetante para as mãoscom pelo menos 60% de álcool. Sempre lave as mãos com água e sabão se estiverem visivelmente sujas.
3/27/2020 6:59:10 PM
Rate This Article:

Have a question or comment about the information on this page?

Innovate . Educate . Improve Lives

The LSU AgCenter and the LSU College of Agriculture

Top